quarta-feira, 30 de dezembro de 2009

Promessas de ANO NOVO


Todo mundo faz sua listinha daquilo que quer para o próximo ano, acho que é válido deixar escrito alguns dos nossos anseios (só alguns, outros são surpresas).



Que consigamos...



  • ... agitar culturalmente esta cidade durante todo o ano de 2010,


  • ... levar o VOO para outras terras (por mim já podemos começar por Penedo mesmo),


  • ... montar A COR DA CHUVA com a mesma delicadez e sensibilidade que dedicamos ao VOO durante todo 2009,


  • ... interagir entre os grupos, trocando experiência, conversando, intercambiando,


  • ... cuidar do nosso patrimônio histórico/cultural e sejamos capaz de transmitir aos que virão aquilo que nós aprendemos,


  • ... agregar parceiros, amigos, companheiros, colegas, colaboradores e amantes do teatro


  • ... e, por fim, mas não menos importante, que as coisas aconteçam da melhor maneira para todos nós!


UM MEGA FELIZ ANO NOVO PARA TODOS NÓS ! ! !

terça-feira, 22 de dezembro de 2009

Chá das Sete (ou quase isso)!


Parecia assalto pra festinha de confraternização de Colégio - não no sentido pejorativo - longe disso, afinal, em critérios de organização a Cia do Chapéu e Joana Gajuru estão de parabéns - mas no sentido de descontração e leveza. Fazia tempo que não estava cercada de tantos colegas e amigos tão queridos. E foi nesse clima leve e ameno que realizou-se o 3º Chá da Tarde, ontem (dia 21/12/2009) no Museu Téo Brandão.
Independente de linguagem, estilo ou metodologia de trabalho, estávamos lá, conversando, debatendo e comungando com/sobre teatro. Não querendo parecer piegas nem clichê, o espírito natalino já nos sugeria a confraternização, e a partilha do pão e do vinho (não o cristão, mas o dionisíaco) estava presente, pungente e pulsante, seja em círculo ou ao redor de uma mesa bem servida (acho que só faltou mesmo um ditirambo).
O Chá da Tarde 2009 mostrou o que alcançamos com o teatro em 2009, nossa capacidade de articulação e escuta, nossa busca pela colaboração/cooperação em projetos individuais, e nossa abertura e humildade em trilharmos um caminho que nos leva para o intercâmbio.
De fato me senti comemorando, compartilhando, principalmente quando lembro que há alguns anos isso seria impraticável. Estávamos todos presentes desta vez, não como grupos de teatro, mas como artistas, agitadores culturais, produtores e tudo mais, não estávamos "representando" esse ou aquele, estávamos sendo nós mesmos dentro desse contexto histórico.
Fico feliz por ter participado de um momento tão peculiar quanto especial, espero que seja o primeiro de vários.
Fica aí meu pedido de Natal e desejo de Ano Novo:
muita merda para todos nós em 2010!!!
Daniela Beny

quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

Boas novas, novas e boas

Duas boas notícias no final deste ano vitorioso.
A primeira boa notícia, tanto eu (Daniela Beny), quanto Mary Vaz fomos selecionadas para participar do projeto do PIBIC desenvolvido dentro da UFAL através do NACE (Núcleo Transdisciplinar de Pesquisa em Artes Cênicas e Espetaculares), os ensaios, pesquisas e estudos se desenvolverão no primeiro semestre de 2010.
A segunda boa notícia, hoje (dia 17/12/2009) o jornal Gazeta de Alagoas publicou um panorama do teatro alagoano em 2009, escrito por Lael Correa, eis um trechinho do que foi impresso:

http://gazetaweb.globo.com/v2/gazetadealagoas/texto_completo.php?cod=157570&ass=8&data=2009-12-17

Pois é, reconhecimento de um ano de árduo trabalho!

Que venha 2010, muitos projetos pela frente!!!

quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

Seleção de elenco para espetáculo

Dando uma força pra nossa amiga e colaboradora Priscila Vasconcelos,

eis o flyer de seleção para montagem do espetáculo do seu processo de pesquisa:



Senhora Carrar no escuro

Não podia deixar de postar algo inusitado que aconteceu hoje, o módulo III do Formação do Ator da UFAL (do qual estou no elenco por causa de uma substituição) fez a última apresentação desse ano do espetáculo Os Fuzis da Senhora Carrar.
Até aí tudo bem, não fosse o fato de nos últimos quinze minutos ter faltado energia em metade do Centro da cidade, graças à platéia que nos iluminou com seus celulares e lanternas, conseguimos levar o espetáculo até o final com muita garra, muita força...
Não seria muito dizer que o final do espetáculo de hoje teve um gosto especial, foi mais emocionante (pelo menos pra mim), fico feliz pelo elenco, estamos na mesma vibração (pelo menos a grande maioria), se não estivessemos jogando a peteca teria caido assim como a energia.
Estamos de parabéns, se fosse outro elenco teria parado o espetáculo antes do final.

sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

Aguarde...

em breve: A COR DA CHUVA


"...Nós somos quase fantasmas que sofrem de amnésia, nada vai nos parecer familiar. Nossa missão aqui é uma só, envelhecer aguardando a morte relendo velhas notícias todas as noites, ou todos os dias, porque eu vejo a luz do sol nem as estrelas, sem ar fresco, só com a umidade... eu me sinto tão bolorento quanto essas folhas de papel molhadas..."

2014 - um ano de muita pesquisa

Então, desde o final de 2014 o tempo tem sido cada vez mais escasso apenas pelo fator MESTRADO, tão raro que, ao vir atualizar o blog me de...