domingo, 22 de abril de 2012

sábado, 21 de abril de 2012

Invisível para além dos palcos

por Daniela Beny

Curso COMPONDO A CENA
Estamos sem postar nada desde o final do ano passado, pois bem, vale a pena fazer uma breve retrospectiva do mês de Dezembro de 2011 e falar um pouco do que já vem acontecendo agora em 2012, mesmo que devagar e com calma.
Em Dezembro tivemos duas atividades que movimentaram bastante nossas ações de final de ano, a primeira delas foi o curso COMPONDO A CENA, promovido pelo SESC/AL na cidade de Arapiraca, eu considero como uma ação de fundamental importância pela interiorização e a promoção de intercâmbio dentro das artes cênicas, pois contamos com participantes de Arapiraca, Taquarana e Palmeira dos Índios, indo desde de grupos já formados e premiados, até jovens estudantes do ensino médio iniciando agora suas atividades teatrais. Ações assim, reforçam a necessidade por acesso e formação em artes - no geral - nas cidades do interior. A produção existe, a vontade de estudar, compartilhar também, mas faltam mecanismos públicos e privados que proporcionem essa interação, salvo ações promovidas pelo SESC/AL.

"A Cor da Chuva"
luz de Arnaldo Ferju

Outra ação importante foi a finalização do projeto QUINTAS NO ARENA, promovido pela DITEAL, com as últimas apresentações do espetáculo A COR DA CHUVA. Depois de muitas modificações voltamos ao palco que originalmente foi experimentada a primeira cenografia e ideias de iluminação cênica. Com esta apresentação podemos finalmente fazer um balanço de erros e acertos quanto à montagem e podemos chegar a conclusão [óbvia, mas uma conclusão], que a efemeridade do teatro tem que ser o agente de transformação, que essa inconstância é o que nos provoca a criar e descobrir elementos que venha a somar em nosso trabalho como artistas e profissionais.


Em 2012, nossas atividades ainda se mantem em standby, uma vez que nossos componentes estão envolvidos em atividades paralelas, tanto profissionais quanto acadêmicas, e justamente no campo acadêmico que surgiu uma ótima oportunidade de difusão de nossas pesquisas, agora em Abril participei da 3ª Jornada de Pesquisa em Artes Cênicas promovida pela UFPB na cidade de João Pessoa, apresentando o material "Dramaturgia Maceioense do Século XX"  desenvolvida em 2009 como projeto de iniciação científica pela UFAL. Mesmo sendo uma atividade individual e uma pesquisa particular, considero como parte fundamental do que estamos desenvolvendo dentro da Invisível, a soma de saberes individuais para a composição de um trabalho coletivo e comprometido. A aceitação deste trabalho dentro do evento foi bastante positiva, uma vez que provocou o questionamento da forma com que a academia se relaciona com a criação dramatúrgica fora dos muros das universidades, pensar num mapeamento que vá além de informações como nome, data e obra, mas que seja tratado como um registro sócio-histórico.

2014 - um ano de muita pesquisa

Então, desde o final de 2014 o tempo tem sido cada vez mais escasso apenas pelo fator MESTRADO, tão raro que, ao vir atualizar o blog me de...